Uma nova abordagem para validar auralizações de modelagem computacional usando índices de articulação

Autores

  • Viviane Suzey Gomes de Melo Laboratório de Instrumentação em Dinâmica, Acústica e Vibrações – LIDAV, IPRJ/UERJ, Nova Friburgo, RJ https://orcid.org/0000-0002-2354-6167
  • Roberto Aizik Tenenbaum Laboratório de Instrumentação em Dinâmica, Acústica e Vibrações – LIDAV, IPRJ/UERJ, Nova Friburgo, RJ https://orcid.org/0000-0002-5268-3849
  • Jose Francisco Lucio Naranjo Faculdade de Engenharia da Computação, Escola Politécnica Nacional, Quito, Equador https://orcid.org/0000-0003-2578-1950

DOI:

https://doi.org/10.55753/aev.v29e46.125

Palavras-chave:

auralização, índices de articulação, redes neurais artificiais

Resumo

Neste trabalho, é apresentada uma nova abordagem para validar auralizações de modelagem computacional usando índices de articulação. A geração de realidade virtual acústica com o código de computador proprietário RAIOS é brevemente descrita. O código simula a acústica da sala, incluindo reflexões especulares e difusas, e um conjunto de redes neurais artificiais fornece as respostas de impulso binaural da sala em pontos selecionados na região do público. Em seguida, essas respostas são convoluidas com sinais anecóicos para gerar realidades acústicas virtuais. Na sequência, as respostas ao impulso em algumas posições da sala são medidas e a convolução com os sinais anecoicos é fornecida para obter um índice de articulação virtual. Por fim, as auralizações da modelagem computacional também são reproduzidas para os sujeitos e os resultados do índice de articulação obtidos são comparados para fins de validação.

Referências

AJDLER, T., FALLER, C., SBAIZ, L. AND VETTERLI, M., 2005. Sound Field Analysis along a Circle and Its Applications to HRTF Interpolation. J. Audio Eng. Soc., Vol. 56(3), 156–175.

BERANEK, L. 1996. Concert and Opera Halls: How They Sound. Acoustical Society of America, Woodbury. doi:10.1063/1.881889 DOI: https://doi.org/10.1121/1.414882

BLAUERT, J., 1997. Spatial Hearing. The MIT Press, Cambridge. doi: 10.7551/mitpress/6391.001.0001 DOI: https://doi.org/10.7551/mitpress/6391.001.0001

BORK, I. 2005. Report on the 3rd Round Robin on room acoustics computer simulation – Part 2: Calculations. Acustica united with Acta Acustica, Vol. 91(4), 753–763.

CAMILO, T.S. AND TENENBAUM, R.A. 2002. Método híbrido para simulação numérica e acústica de salas - Parte 1: combinação dos métodos de traçado de raios e de transição de energia. XX Encontro da Sociedade Brasileira de Acústica, Rio de Janeiro. (In Portuguese).

DALEMBÄCK, B.I., KLEINER, M. AND SVENSSON, P. 1994. A macroscopic view of the diffuse reflection. J. Audio Engin. Soc., Vol. 42(10), 973–987.

GARDNER, B., MARTIN, K., 1995. HRTF Measurements of a KEMAR Dummy-Head Microphone. J. Acoust. Soc. Am., Vol. 97(6), 3907–3908. DOI: https://doi.org/10.1121/1.412407

HAYKIN, S., 2009. Neural Networks and Learning Machines. Prentice Hall, New Jersey.

ISO 3382, 1997. Acoustics – Measurement of the reverberation time of rooms with reference to other acoustical parameters.

KRUZINS, E., FRICKE, F.R., 1982. The prediction of sound fields in non-diffuse spaces by a ‘random walk’ approach. J. Sound and Vib., Vol. 81(4),549–564. doi: 10.1016/0022-460X(82)90296-6 DOI: https://doi.org/10.1016/0022-460X(82)90296-6

LUCIO NARANJO, J.F.L., TENENBAUM, R.A. AND TORRES, J.C.B., 2010. Using Artificial Neural Networks to generate virtual acoustic reality applied on escape training in blind conditions Int. Rev. CHem. Eng., Vol. 2(6), 754–759.

LUCIO NARANJO, J.F.L., TENENBAUM, R.A., TORRES, J.C.B., 2013. Accuracy validation of the ANN’s interpolation technique through the use of acoustic quality parameters. XVI Computer Modeling Meeting, Ilhéus.

MELO, V.S.G., TENENBAUM, R.A. AND MUSAFIR, R.E., 2013. Intelligibility assessment in elementar school classrooms from binaural room impulse responses measured with a childlike dummy head. Applied Acoustics, Vol. 74, 1436–1447. doi: 10.1016/j.apacoust.2013.06.005 DOI: https://doi.org/10.1016/j.apacoust.2013.06.005

MÜLLER, S. & MASSARANI, P.M., 2001. Transfer-functions measurements with sweeps. J. Audio Eng. Soc., Vol. 2001, 443–471.

TENENBAUM, R.A., CAMILO, T.S., TORRES J.C.B. AND GERGES, S.N.Y., 2007a. Hybrid method for numerical simulation of room acoustics with auralization: Part 1 - Theoretical and numerical aspects. J. Brazilian Soc. Mech. Sci. Engin., Vol. 29(2), 211–221. doi: 10.1590/S1678-58782007000200012 DOI: https://doi.org/10.1590/S1678-58782007000200012

TENENBAUM, R.A., CAMILO, T.S., TORRES J.C.B. AND STUTZ, L.T., 2007b Hybrid method for numerical simulation of room acoustics: Part 2 - Validation of the computational code RAIOS 3. J. Brazilian Soc. Mech. Sci. Engin., Vol. 29(2), 222–231. doi: 10.1590/S1678-58782007000200013 DOI: https://doi.org/10.1590/S1678-58782007000200013

TORRES, J.C.B., PETRAGLIA, M.R., AND TENENBAUM, R.A., 2004. An Efficient wavelet-based HRTF for auralization Acta Acustica United with Acustica, Vol. 90(1), 108–120.

VORLÄNDER, M., 2008. Auralization: Fundamentals of Acoustics, Modeling, Simulation, Algorithms and Acoustic Virtual Reality Springer, Berlin. doi: 10.1121/1.2908264 DOI: https://doi.org/10.1121/1.2908264

WERSNYI, G., 2009. Effect of emulated head-tracking for reducing localization errors in virtual áudio simulation IEEE Transactions On Audio, Speech, And Language Processing, Vol. 17, n. 2, pp. 247–252. doi: 10.1109/TASL.2008.2006720 DOI: https://doi.org/10.1109/TASL.2008.2006720

Capa - Uma nova abordagem para validar auralizações de modelagem computacional usando índices de articulação

Downloads

Publicado

01/dez/2014

Como Citar

MELO, V. S. G. de; TENENBAUM, R. A.; NARANJO, J. F. L. Uma nova abordagem para validar auralizações de modelagem computacional usando índices de articulação. Acústica e Vibrações, [S. l.], v. 29, n. 46, p. 20–27, 2014. DOI: 10.55753/aev.v29e46.125. Disponível em: https://revista.acustica.org.br/acustica/article/view/aev46_ai. Acesso em: 20 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)