Avaliação dos níveis de pressão sonora em cabines acústicas desmontáveis do Paraná

Autores

  • Angela Ribas Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba-PR
  • Walter Hoffmann Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba-PR
  • Claudia Giglio de Oliveira Goncalves Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba-PR
  • Evelyn Joice Albizu Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba-PR
  • Ana Paula Muller Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba-PR
  • S. Pasini CREFONO 3, Curitiba-PR

DOI:

https://doi.org/10.55753/aev.v29e46.129

Palavras-chave:

fonoaudiologia, audiometria, cabine acústica, ruído, medição

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar a qualidade do ambiente sonoro em cabines audiométricas instaladas na jurisdição do Conselho Regional de Fonoaudiologia 3ª Região, à luz da ISO 8253-1. Foram avaliadas 25 cabines audiométricas desmontáveis, cuja seleção foi aleatória. Utilizou-se o medidor de nível de pressão sonora Bruel&Kjaer modelo 2150 equipado com um microfone modelo 4144. O método utilizado foi o de medição direta. Registrou-se que 80% da amostra reprovou na avaliação, pois os valores de Lmax ultrapassaram o recomendado pela norma, principalmente no que se refere às baixas frequências (31,5 Hz a 630 Hz).

Referências

Musiek, F.E.; Rintelmann, W.F. Perspectivas atuais em avaliação auditiva. São Paulo: Manole, 2002.

Russo, I.C.P; Santos, T.M.M. A prática da audiologia clínica. São Paulo: Cortez, 2005.

Conselho Federal de Fonoaudiologia. Audiometria Tonal Limiar, logoaudiometria e medidas de imitância acústica. Brasília: CFFa, 2009.

ISO 8253-1:1989: Acoustics – Audiometric test methods – part 1: basic pure tone air and boné conduction threshold audiometry.

Conselho Federal de Fonoaudiologia. Resolução 296/03. Dispõe sobre calibração de equipamentos audiológicos e dá outras providências. Brasília: CFFa, 2003.

Conselho Federal de Fonoaudiologia. Resolução 364/09. Dispõe sobre o nível de pressão sonora das cabinas/salas de teste audiológicos. Brasília: CFFa, 2009.

Conselho Regional de Fonoaudiologia. Banco de dados da Comissão de Orientação e Fiscalização. Curitiba: CREFONO 3, 2012.

Conselho Federal de Fonoaudiologia. Ambiente acústico em cabina/sala de teste. Brasília: CFFa, 2010.

Russo, I.C.P. Acústica e psicoacústica aplicadas à Fonoaudiologia. São Paulo: Lovise, 1993.

Silva, P. Acústica arquitetônica. Belo Horizonte: EDTAL, 2005.

Menezes, P.L; Neto, S.C; Motta, M.A .Biofísica da Audição. São Paulo: Lovise, 2005.

Ministério do Trabalho e do Emprego. Portaria 19 de 9 de abril de 1998. Brasília: Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho, 1998.

Capa - Avaliação dos níveis de pressão sonora em cabines acústicas desmontáveis do Paraná

Downloads

Publicado

01/dez/2014

Como Citar

RIBAS, A.; HOFFMANN, W.; GONCALVES, C. G. de O.; ALBIZU, E. J.; MULLER, A. P.; PASINI, S. Avaliação dos níveis de pressão sonora em cabines acústicas desmontáveis do Paraná. Acústica e Vibrações, [S. l.], v. 29, n. 46, p. 57–62, 2014. DOI: 10.55753/aev.v29e46.129. Disponível em: https://revista.acustica.org.br/acustica/article/view/aev46_nps. Acesso em: 25 jul. 2024.